MeiosTec aumenta capital social para reforçar investimento na internacionalização

O aumento do capital social tem como objectivo reforçar os Capitais Próprios da Sociedade de forma a suportar os investimentos associados ao processo de internacionalização. Até final de 2012, o negócio além-fronteiras já deverá representar 35% do volume de negócios da empresa.

Lisboa, 20 de Novembro de 2012 – A MeiosTec, empresa de Integração de Sistemas e Serviços de Engenharia na área das TI, acaba de reforçar o capital social de 200 mil euros para 350 mil euros.

Esta operação tem como objectivo reforçar os Capitais Próprios da Sociedade por forma a permitir suportar os investimentos associados ao processo de internacionalização, nomeadamente nos parâmetros de Autonomia Financeira e Rácio de Liquidez. Paralelamente prende-se com o processo de financiamento a que a MeiosTec irá recorrer para permitir operacionalizar a sua presença nos mercados de Angola e Moçambique.

De acordo com Luís Pereira, Administrador da MeiosTec, “Esta é uma importante etapa na consolidação do objectivo estratégico definido pela Administração para o triénio 2011/2013. O processo de internacionalização está a correr em linha com a estratégia definida e atravessa uma fase crucial para o seu sucesso, com a consolidação da parceria no mercado Angolano e a celebração de um acordo tripartido com um parceiro do mercado Moçambicano.”

Em Moçambique, a MeiosTec perspectiva uma presença efectiva que poderá vir a consubstanciar-se na criação de uma empresa de Direito Moçambicano com capitais mistos.

No final de 2012, a percentagem de facturação nos mercados internacionais deverá rondar os 35%, com um volume de negócios de cerca de 600 mil euros. Em 2013, o pipeline rondará um montante de 2 M€ em Angola e cerca de 4M€ em Moçambique.